Já perdoei erros quase imperdoáveis

Gato por lebre: Chaplin e suas frases nunca ditas

É muito comum encontrarmos, nas páginas da internet, frases que são atribuídas a Charles Chaplin. E justamente pelo excesso de autorias é que muitos internautas questionam sua veracidade. Na maioria dos casos, não passa de mero equívoco, tendo algumas destas, inclusive, a autoria de outros personagens famosos. No início da nossa jornada pelo Blog Chaplin, também caímos nesse erro, quando publicamos um dos textos mais famosos que – erroneamente – é atribuído à autoria de Chaplin: Quando me amei de verdade.

Só após o aumento da audiência do nosso blog, através do contato de uma leitiora, é que fomos informados sobre o erro. Na verdade, o texto publicado pertencia à autora Kim McMillen. Após o ocorrido, mesmo passados 6 anos, esse é o post mais acessado em nosso blog  e sempre vem de buscas, cuja pesquisa é: “Quando me amei de verdade, de Charles Chaplin”.

Livro de Kim e Alison McMillen

Livro de Kim e Alison McMillen

Surge então a pergunta? Como saber se uma frase é ou não de Charles Chaplin?

Bem, essa é uma questão um pouco complexa de se resolver, quer seja pela grande quantidade de material (frases e textos), quer seja pela credibilidade das fontes. E isso não é exclusividade do artista Charles Chaplin, pois é comum vermos também frases atribuídas à Gandhi, Vinicius de Moraes, Antoine de Saint-Exupéry, Caio Fernando Abreu, Clarice Lispector entre outras celebridades. No caso de Charles Chaplin, sempre buscamos verificar a fonte de todo e qualquer assunto sobre o artista.

Primeiramente, é feita uma pesquisa nas biografias do autor (incluindo sua autobiografia). Se não há confirmação, partimos para livros, artigos ou qualquer tipo de publicação que tenha certa credibilidade. Mesmo que a frase seja repetida em milhares de sites não quer dizer que sua veracidade seja confirmada. Basta citarmos, além do texto citado acima, outro exemplo, como o trecho: “Bom mesmo é ir à luta com determinação, abraçar a vida com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, por que o mundo pertence a quem se atreve. E a vida é muito para ser insignificante.” (Trata-se da última estrofe do poema “Vida”, de Augusto Branco).

Poema de Augusto Branco.

Poema de Augusto Branco.

Abaixo, listamos algumas frases de Chaplin, presentes na coletânea “O Pensamento Vivo”, cuja edição é de 1984, sendo esta uma das fontes mais pesquisadas sobre o artista. Logo após, indicaremos algumas leituras que consideramos de considerável credibilidade:

“A beleza é a única coisa preciosa na vida. É difícil encontrá-la – mas, quem consegue, descobre tudo.”

” Num filme o que importa não é a realidade, mas o que dela possa extrair a imaginação.”

“A beleza existe em tudo – tanto no bem quanto no mal. Mas somente os artistas e poetas sabem encontrá-la.”

“A Arte é um sentimento difícil de ser definido. O seu tema, por mais importante e grandioso que seja, pode sempre ser simplificado ao ponto de ser compreensível por todas as pessoas. É aí então que a Arte atinge a sua forma mais sublime.”

“A ação é música”.

“Conhecer o homem – esta é a base de todo o sucesso.”

“Uma pessoa pode ter uma infância triste e mesmo assim chegar a ser muito feliz na maturidade. Da mesma forma, pode nascer num berço de ouro e sentir-se enjaulada pelo resto da vida.”

“Que eu seja um comediante – mas um comediante que pensa.”

“Faço parte do mundo – e no entanto ela me torna perplexo.”

“Não posso crer que nossa existência não tenha sentido, que seja mero acidente, como nos querem convencer alguns cientistas. A vida e a morte são determinadas demais, por demais implacáveis, para que sejam puramente acidentais.”

“O amor é ajudado pela força. A doçura do perdão traz a esperança e a paz.”

“À medida que vou envelhecendo, mais me preocupa a questão a fé. Ela está em nossa vida bem mais do que supomos e inspira as nossas ações bem mais do que imaginamos. Creio que a fé é precursora de todas as nossas idéias. Sem fé não teríamos criado hipóteses, teorias, ciência ou matemática. Penso que a fé é uma extensão do espírito. É a chave que abre a porta do impossível. Negar a fé é refutar a si mesmo e ao espírito que gera todas as  nossas forças criadoras.”

“O som aniquila a grande beleza do silêncio.”

“Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade”.

Biografias indicadas:

ArquivoExibir

Minha Vida – Charles Chaplin (Editora José Olympio)

21823582_4

Chaplin: Uma Vida – Stephen Weissman (Larrouse)

chaplin-uma-biografia-definitiva

Chaplin: Uma Biografia Definitiva – David Robinson (Contexto)

livro-o-pensamento-vivo-de-chaplin_MLB-O-2801136653_062012

O Pensamento Vivo de Chaplin (Martin Claret)